domingo, dezembro 24, 2006

Um Feliz Natal a Todos!!!

Desejar Feliz Natal nos fins de dezembro é tão clichê quanto dar bom dia às sete, oito horas da matina à senhora no ônibus, ao seu chefe no trabalho, ao vizinho da rua. Soa mais clichê ainda, uma vez que este vos fala a tempos anda meio desiludido com "essa data tão especial". Desejar "Feliz Natal" é quase uma obrigação cívica sazonal enfeitada de neve, pinheiros, pisca-piscas e sininhos tilintando. Mas é necessário, então, mais uma vez Feliz Natal, Bom Dia, Obrigado, Com Licença, A Benção... Tudo bem, antes que me chamem de revoltado, esse post é pra dizer que, apesar de não defender o Natal, ele ainda faz muita gente, inclusive eu, parar pra refletir um pouco. E, enquanto aumentam os suicídios, a depressão, a violência psicológica, os Papais Noéis descolam seu décimo terceiro e as lojas de departamentos se empanturram de dinheiro, nós comemos peru, ganhamos presente de amigos secretos, aplaudimos a chegada de papai noel.
Antes que eu me enrole demais, quero dizer que esse post é pra botar nêgo pra pensar e tentar clarear na cabeça que no Oriente Médio, lá onde Jesus nasceu, não tem pinheiro nem neve, que muitas crianças da África não sabem o que é um peru e que Papai Noel e suas renas já deviam ter saído de moda. O post é pra dizer que, já que a gente não pára pra pensar nisso com frequência durante o ano, que pelo menos em dezembro a gente sente numa caixa de presente embaixo da árvore, abaixe o CD da Simone no som e pense mais no mundo e na gente.

E que o Natal, além disso, sirva como uma desculpa para os mais tímidos (meu caso) demonstrarem seus sentimentos pelos mais próximos.
A todos, que tenham uma boa reflexão, uma emanação de energias positivas, uma boa ceia pra quem é de ceia, uma boa missa pra quem é de missa, um bom presente pra quem é de presente e um abraço e beijo sincero em quem merece!

Feliz Natal (de novo, hunf!)!!!!!

5 comentários:

Nathália M. disse...

texto lindo vitor! lindo mesmo.. e esse pensamento deveria durar todo o ano e não só quando chega essa época de "trocas de presentes por sorrisos consumistas"..

=***

Cybelle disse...

Arrasou Vítor!!

Caramba! Adorei o seu texto!
Todos os anos as pessoas ficam meio idiotizadas na época do Natal, começam a fingir que tudo ao redor delas é perfeito, começam a abraçar pessoas com as quais nem se importaram ao longo do ano como se fossem obrigadas a isso.
Pelo menos essa euforia toda tem um lado bom como vc falou de os tímidos demonstrarem seu carinho e de as pessoas terem uma desculpa para se reaproximarem dos amigos mais distantes.

Bju e feliz Natal p vc moço.

Christian disse...

Ainda bem q só li isso depois da ceia, se nao, nao ia conseguir comer nem uma coxinha sem senti remorso.

Mas agora que li, minha barriga dói mais um pouco.

...

Odeio rituais. Acho um saco esse de desejar feliz natal pra td mundo.

PS: SEU REVOLTADO! Td ano é isso...

Christian disse...

Vinheta final do [adult swim]:
Hra de lavar a louça da ceia...

E de matar a larica com o resto do Peru!

hauhauhauhauhauhauhauhauhauhaa

Rayanne disse...

Antes um "feliz natal" sincero do que aquele desejado por obrigação :) Por essas e outras que não saio por aí desejando feliz natal a torto e a direito. Melhor que os outros desejem para si próprios o que lhes convém, não acha?

Natal caiu no costume. Sei lá, pra mim ainda é legal se entupir de comida e esquecer, por um minuto que seja, que o resto do mundo anda de cabeça pra baixo...

Criticar o tempo inteiro cansa e me deixa de mau-humor. Me diz, o que mais a gente faz além de reclamar?

Reflexões e opiniões à parte, você sabe que te desejei um feliz natal (atrasado), daqueles bem sinceros, coisa de quem quer bem ao outro :)

Beijo!